Arquivo do mês: novembro 2010

Festa do Vinícius

Posso dizer que foi o evento mais importante da minha vida (sem exagero)? Hahaha, ai gente, muito bom! Fizemos na área de pic nic lá do Jardim Botânico, ao lado do parquinho, e não teria como ter sido melhor, o cenário é mesmo lindo! 

Agora falando da decoração…

Fiz praticamente tudo em casa e na hora de “montar” a mesa contei com a ajuda da minha amiga Mari, ela me orientou em tudo e foi uma das grandes responsáveis por ter ficado exatamente como idealizei.

O Jd. Botânico não permite certas coisinhas, como bolas de festa, faixas e os pompons de seda (por isso não usei os que fiz) então a plantinha atrás da mesa serviu de referência pra escolhermos o lugar que a mesa ficaria e acabou fazendo parte do cenário,rs.

Falava pra Mari que queria fazer uma festa bonita mas que era imprescindível não perdemos o “ar” mais depojado do pic nic e acho que conseguimos. E olha, nem sei mais o que falar nem escrever nesse post, a felicidade é tanta que não sei mais o que contar pra vocês, como disse, tudo ficou do jeito que sonhei, haha, que louca eu. Mas vamos lá, vou tentar…

Fiz essas bandeirinhas com cartolina, colei as coroinhas de feltro e colei numa fitinha de cetim
Eu, minha irmã e a sogra dela fizemos os brigadeiros e beijinhos. Comprei alguns doces, como jujuba, amendoim colorido, marshmallow, balinhas de coco, suspiros e espalhamos pela mesa, em bandejas altas e cestinhas de vime.
A Vanessa ( Casa com Grife), levou esses mini cupcakes fofooooos que complementaram os doces da mesa.
O bolo foi feito pela mãe de um amigo de trabalho do Leo, sem exagero: Um dos bolos mais gostosos que já comi na vida. Quem quiser o contato e morar aqui no Rio, é só falar.

 

Olha os potinhos de papinha sendo reaproveitados na festinha! Coloquei doce de leite, já que tínhamos brigadeiros por todos os lados.
Decidi que faria a festa nas cores “azul, amarelo e marrom” mas também queria colocar um colorido pra coisa não ficar muito cansativa. Acho que os doces ajudaram nesse quesito ne?? Fiz tags usando aqueles papeis de scrapbook, super simples.
Também reaproveitei garrafinhas de “Ice”, só envolvendo uma fitinha no “pescoço” delas e colando uma etiqueta adesiva. Ah, o canudinho não poderia faltar…Enchemos com suco de manga.

 

Esse principe tem uma história linda, chegou no começo da festa e virou protagonista na mesa…
 

Mesa das lembrancinhas…Encomendei a arte com a Lu, imprimi na gráfica e montei as caixinhas. Fiz também esses potinhos de biscoito (já postei aqui) e foram super disputados.
 

Contratamos o “buffet” do Café Botânica para servir alguns salgados, picolés, biscoitos de polvilho e bebidas (lá não é permitido bebida alcoólica)  mas eu sabia que seria pouco (em relação a variedade). Encomendei na padoca alguns salgados e levei. Coloquei os guardanapos nessa caixinha de mdf (coberta com tecido) que fiz há um tempão pro quartinho dele. Fiz uns cupcakes que ficaram um desastre, mas disseram que o sabor estava delícia! Fizemos em casa também uns sandubas e colocamos nesse cesto amarelo…
Coloquei fotinhos do Vini (desde o nascimento até 11 meses) espetadas nos bolinhos e achei lindooo os convidados disputando uns com os outros pra ficar com uma delas, hahaha, sou normal?

 

Um quadro negro para as pessoas deixarem mensagens e fotografar depois (assim como minha irmã fez na foto do post abaixo) só que não funcionou muito. Quem escrevia não apagava depois e colocava a mesagem abaixo para as outras pessoas saberem do que se tratava, depois de um tempo, escrevemos apenas “Bem vindos ao Pic Nic do Prinicpe Vinícius”  e também ficou bem bonitinho.
 

Colocamos umas esteiras para os bebês ficarem mais a vontade e foi lindo olhar esses cotocos brincando. Muito amor mesmo. 

E finalmente a hora dos parabéns! O Vinico ficou olhando para todos os lados e admirado com todos a sua volta, foi lindo, emocionante…
 

Quero finalizar esse post fazendo alguns agradecimentos:

Primeiro a todos que lá compareceram para nos prestigiar. A nossa lista foi super enxuta, já que o JB não permite mais que 50 convidados, e quem estava lá, estava mesmo porque de certa forma representa muito pra gente. Pessoas que acompanham o Vinícius desde o seu nascimento, pessoas que são muito queridas.
Como já falei no início, essa festa não ficaria tão linda sem a ajuda da minha amiga Mari, muito obrigada “Cinemari“, por todo carinho e dedicação, por todas as vezes que te liguei pedindo algo e você somente dizia “Por você faço tudo, pode falar”…rsrs. Ao João, marido da Mari, que também me ajudou muito e a Malu, que nem conheço pessoalmente mas que também foi uma querida.
Agradecer a Fabi (Fabiluli) e ao Marcius, que nos presentou com essas fotos lindas, com seu príncipe e com toda a energia maravilhosa que eles transmitem.
Agradecer a Vanessa e a D. Rosa (Casa com Grife) que fizeram essa coroa linda para o Vini,  fazendo do meu príncipe um príncipe coroado, rsrs.
A minha irmã e a D. Neide, que me ajudaram com os últimos preparativos, no maior corre corre.
Agradecer a papai do ceu, por ter me presenteado com um marido e um filho tão lindos e que amo tanto, cada dia mais. 

E quem quiser conferir mais fotos, entra lá no nosso Flickr: http://www.flickr.com/photos/avoqueria/ e no Flickr da Fabi: http://www.flickr.com/photos/a_fama/

Obs: Me perguntaram sobre a blusa do Vini, foi feita pela Bianca da Lepetitpola.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O meu príncipe

Antes de falar e mostrar o  aniversário do bebê queria falar dele….rsrsAcho que todos sabem que moro no Rio mas a minha família (boa parte) mora em Recife, e por conta disso, vivo muito sozinha em casa, já que não conheço muitas pessoas. Quando estava grávida, falava pro Leo que não via a hora do Vinícius nascer pra acabar com a minha solidão,  que queria brincar com ele, conversar, passar o dia acompanhada  e não me sentir tão sozinha. Ele dizia pra mim: “Mo, você quer um amiguinho…”

Há um ano nasceu meu amiguinho, o serzinho que não me deixaria jamais sentir-se sozinha em nenhum momento do dia e em nenhum lugar desse mundo. O meu companheiro do sorriso perfeito nas horas mais deliciosas e também nas horas mais inesperadas. O meu fuinha das perninhas balançantes e das buchechinhas caídas. A minha diversão, dedicação e alegria maior. O meu passatempo, o meu bebê, o meu amiguinho, o meu príncipe…

Assim como a sua titia escreveu pra você, repito cada palavra:

Ô meu amorzinho, o que posso te falar nesse dia que não seja tão clichê heim??
Olho pra você, te abraço, analiso cada pedacinho seu e só consigo pensar: Como meu Deus? Como vivi longe dele todos esses anos? A resposta é óbvia filho, eu sei, mas você é tão fundamental na minha vida que parece coisa do outro mundo viver sem ter você por perto.

Parabéns meu príncipe! Mamãe só pede a Deus que sempre te permita ter muita saúde para que possamos comemorar muitos anos da sua vida…Te amamos.
Fotos: Leonardo Climaco / Fabiana Pereira

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized