É culpa da genética…

CIMG2854

Tirando a minha fase bebê fofinha eu nunca fui gorda. Quando criança, com uns sete-oito anos, fui ficando magricela das pernas finas e das orelhas grandes. Chegou a adolescência e como toda menina normal eu queria ser gostosa e sedutora, queria ter carne. Me danei a tomar aqueles “estimulantes de apetite” durante anos e nada acontecia, continuei magricela, vestido 34-36, inferno achar uma calça jeans que me deixasse no ponto. Lá pelos 18-19 é que a coisa foi melhorando, depois que inicie nesse mundo adulto de sexo, drogas  e rock’n’roll,  fui chamada de gostosa muitas vezes e adorava quando falavam: “Você é a falsa magra”, na minha cabeça: Sou magra mas sou gostosa, yes!!

Por conta desse histórico genético, nunca me preocupei com alimentação. Sempre comi de tudo, todas as porcarias e brebotes do universo já habitaram o meu ser. Só que veio a gravidez e com ela o meu juízo se deu conta que precisava comer alimentos saudáveis, nutritivos e ricos em todas as vitaminas de A a Z. Lascou!

No início de tudo, quando ainda não sabia que tinha esse pequeno em mim, veio  obviamente os enjôos e achando que estava com problemas de estômago, tomei quase um vidro inteiro de hidróxido de alumínio ( Vinícius nascerá meio prata, talvez…) em dois dias. Depois da confirmação da gravidez a coisa só fez piorar, nem podia tomar meu remedinho, nem o Dramin fazia efeito, nem conseguia comer um pedaço de pão. E sobrevivi durante quase dois meses na água de coco.Perdi quatro quilos, estava mais magra grávida do que não grávida.

Do quarto ao quinto mês,  a coisa foi melhorando e o meu apetite duplicou. Mas o que comer de saudável?? E a “bitolação” ronda a cabeça da gente sobre o que é necessário e imprescindível e o que não pode jamais. Eu que moro sozinha com marido aqui nessa cidade de parentes distantes, que não tenho uma vó que faça uma mistura de legumes louca ou uma mãe que me traga aquele suco de laranja-acerola-beterraba, vou me virando como posso. A dificuldade mora em preparar as coisas boas, quando a gente só é acostumada a fritar hambúrguer e em escolher o melhor  abacaxi no mercado, quando a gente só sabe comprar um sorvete da mesma fruta.Então  faço assim: Se vou a padaria (uma mega padaria que tem aqui no meu bairro) opto por um salgado integral ou um sanduíche natural com o tal suco potente ou o famoso morango com leite. Se saio pra almoçar fora e vou ao self service, coloco sempre muitos legumes e coisas que eu sei que jamais saberei preparar em casa .Se quero comer leite condensado, tento misturar com alguma fruta. Se como um pedaço de bolo, tomo um copo de leite em seguida. Vou me virando nos trinta. Não sei se de forma certa ou errada, mas até agora as taxas estão ótimas.

Mas mesmo assim, sei que não me alimento bem e livro a minha culpa lembrando de tomar as vitaminas em cápsulas que o médico passa (dã) e fazendo esse balanço entre o que presta e o que não presta. Como muito carboidrato e muito doce o dia todo e é graças a genética que só engordei 8 quilos até agora (eu to falando SÓ mas nem sei se é muito ou pouco, estou me baseando pelos comentários de “você não engordou nada Ana”).

A verdade é que os quilos a mais não me incomodam, o que me preocupa é saber se meu filho é saudável, se ele se desenvolve bem e se não falta um prato de arroz e feijão lá dentro da barriguinha dele. Se precisar comer olho de cabra, peixe vivo ou pinto quase formado dentro do ovo (viram No Limite?! Aff…), eu como.

Ontem na consulta com o Dr. Galhudo:

-Evite sempre o sal, pra evitar a retenção de líquidos, nessa nova fase que se inicia é bom evitar.

-E doce Dr. pode??

-Você é magrinha, suas taxas estão boas. Pode sim. Só cuidado pra não engordar demais, o que acho difícil, seus bracinhos continuam tão fininhos e eu estou vendo a sua saboneteira daqui.

Adoro!

Pra comemorar, fui na doceria mais próxima do hospital e me presentiei com um sorvetão e muita calda de morango. Hoje, fiz esse almocinho de espaguete refogado no alho e manteiga (argh) acompanhado de  uma cenourinha e brócolis cozinhado no vapor. Tá tudo certo, não ta??

CIMG2861

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em DOCE VIDA SABOR PITANGA

9 Respostas para “É culpa da genética…

  1. eu achei tudo certinho comestivalmente falando…
    agora se tava bom esse espaguete eu nao sei…mas a cara ta “bótima”.
    E eu que nem to gravida e engordandooooo…..
    beijocas

  2. Jane Murback

    Meu da um pouco?
    Lem casa num rola comida de gente faz uns dois anos e meio.
    Tá cacara ótema!

  3. Ana, esse assunto em da arrepios!!! Eu sempre fui extra magrela e era mega comilona, só comia tranqueiras. Nas minhas duas gravides engordei muuuuuito, 34 em uma, 28 na outra. Foi uma coisa medonha!!!! To sofrendo até hoje pra voltar e olha que durante a gestação eu comi super bem!! É genética mesmo!!!! Beijão

  4. Ai Ana!
    Sabe que eu era que nem você! Só depois de grande é que o povo viu que bonitinha =P MAs ai era tarde… teve muito muchacho da escola que me viu depois e quiz algo, e quando estavamos na escola nem dava bola…aaa imagina esnobei horrores!
    Só a dieta abase de batata da minha sogra que me fez engordar um par de kilos… isso que no brasil eu comida horrores… nada melhor que a comidinha da mamae!
    Beijo malu

  5. Minha genética não é la das melhores, sempre fui acima do peso e tudo mais, e achei que engravidando ia sair rolando fácil assim! Porém engordei 10 kgs até agora, acho pouco porque em primeiro lugar, não aparenta. Meu rosto não inchou, não tenho inchasso algum e já estou quase na 33º semana. E o outro fato é que, nossa eu imaginei que eu ficaria BEM maior! hahaha

    Mas é assim mesmo, minha genética não é lááá aquelas coisas, mas cada um se vira com o que tem né?hahaha

    Beijão

  6. amiga, mas tu tava magra, emagreceu mais e tem direito de engordar rs
    Tá linda!!!
    Bjss

  7. Já sei que vou me ferrar nessa gravidez… já to gordinha e estou com 3 meses. Isso que dá engravidar estando acima do peso. Agora aguenta!!!
    kkkkkk
    Vc está uma grávida enxuta!

  8. bom, eu ja disse né? qdo nao tava gravida pesava 58kg. depois dei uma engordadinha..e no primeiro mes ja tava com 60kg. então comecei a minha gravidez com 60kg….nunca cheguei na casa dos 7..ai que horror! tudo pela Marininha…hehehehe sei que minha goidinha vai valer à pena cada kg ganho. tenho certeza disso! depois..agente recorre ao desobesi em ultima circunstância. hheheheh

  9. Olha, eu engordei bem e bonito. Nem sei quantos quilos a mais habitam esse corpinho. Só sei que passei do recomendado faz tempo. E tô bem feliz com isso…. todas as taxas estão ótimas e Pietro é um bebê feliz e saudável, com quase 3,5 quilos e ainda mais 15 dias para engordar e se fortalecer aqui dentro. A gente passa a vida toda segurando a boca, que eu decidi ser feliz no melhor momento da minha vida, a gravidez. O que vai acontecer depois, se vou voltar ao meu corpo antes de engravidar ou não, ainda não sei. O que me importa é ver meu pequeno saudável. E isso ele é…

    Você tá linda e super correta!
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s